SOBRE O PROJETO GRATIDÃO 365

I – COMO TUDO COMEÇOU, O INIMIGO INVISÍVEL



A história do meu Projeto Gratidão 365 começou em 2012, quando passei por momentos difíceis.

Eu sempre fui descontraído, divertido, ligado aos esportes, em particular ao surf. Com uma carreira profissional bem sucedida, uma família maravilhosa, esposa e um casal de filhos lindos.

Naquela época, eu fui surpreendido por um bloqueio criativo que durou quase um ano. Eu me sentia muito pra baixo, não sabia o que era e, ainda por cima, os negócios começaram a afundar.

 

II – PRIMEIRA BATALHA, AVENTURAS

 projeto gratidão 365

Na segunda metade de 2012, eu decidi me retirar por alguns dias e, fui para Costa Rica, América Central, para surfar com alguns amigos e refletir sobre a minha vida. Foram altas ondas, maravilhosas, ótima viagem, mas, quando voltei pra casa, aquele sentimento horrível continuou.

Aí então, eu tentei mais uma ação alternativa, eu peguei a minha moto e fui para estrada rever alguns amigos e parceiros de negócio pelo Brasil. Como empreendedor,  eu precisava me levantar. Naquela viajem, eu tentei prospectar algo novo, com a minha rede de contatos, mas, infelizmente, a missão foi sem sucesso novamente.

 

III – SEGUNDA BATALHA, BUSCA ESPIRITUAL

Comecei a acreditar que o problema poderia ser espiritual, não estou falando sobre religião, mas, sim, em algo mais profundo a meu respeito que tinha se perdido.  Então, mais uma vez, com a moto, fui para um templo no sul do Brasil e fiquei meditando por uma semana. Foi uma vivência incrível. Retornei me sentindo muito melhor, mas, não 100% ainda.

 

IV – A ARMADILHA DO CONHECIMENTO, UM NOVO INIMIGO

Naquele momento, no final de 2012 até a metade de 2013, eu achei que se ocupasse a minha mente com o máximo de informações úteis possíveis, eu melhoraria. Li muito e fiz diversos cursos, participei de eventos e me atualizei bastante. Foi quando percebi que o caminho não era me afundar no conhecimento. Eu não me sentia feliz ainda e, descobri um novo inimigo, o excesso de informação.

 

V – O ENCONTRO COM O GURU

Durante aquela busca por uma nova maneira de viver, eu me encontrei com um amigo e parceiro de negócios. Ele, mais experiente, percebeu a minha situação e me recomendou um médico. Este amigo, já havia passado por algo parecido e, também conhecia outras pessoas no mesmo quadro.

Eu não levei muito a sério, porque, na metade de 2013, mesmo com as dificuldades, eu já estava começando a produzir alguma coisa e achei que logo tudo voltaria ao normal.

 

VI – RENDIÇÃO

No final de 2013, eu me rendi e fui ver o doutor. Foi diagnosticada uma leve depressão, eu não queria acreditar que isso podia me pegar.

Naquele momento que eu comecei a “abrir meus olhos” e a perceber que já tinha tudo pra ser feliz e, talvez, eu não estivesse dando o devido valor à vida.

 

VII – ACEITAÇÃO


Em 2014, aceitei a minha situação e iniciei um tratamento seguido por terapia. Os resultados foram excelentes. Eu comecei a produzir novamente e a prospectar novos negócios, estava motivado, determinado, comprometido e avançando.

VIII – OUTRO GOLPE

A alegria durou pouco. Ainda em 2014, fui surpreendido por outro problema de saúde e, achei que dessa vez o meu mundo fosse desmoronar.  Foi quando, em um momento de desespero, eu comecei a procurar por soluções na internet.

 

IX – UMA NOVA ESPERANÇA

Na metade de 2014, eu encontrei o projeto 365Grateful, da Hailey Bartholomew, na web. Achei fantástico, mas, não dei muita atenção na época.

Eu não sou fotógrafo e achei que não era pra mim. Apesar de não ter iniciado o meu próprio 365grateful, ainda, eu comecei a parar para refletir com frequência e a agradecer, mentalmente, pelas coisas que eu tinha ao meu redor. Percebi que sempre que eu fazia isso, me sentia bem.

 

X – O DESPERTAR

A partir daquele instante, comecei a sentir um despertar espiritual. Então reuni todas as minhas forças e experiências de vida até aquele momento e, escapei, mais uma vez, do buraco. Então, eu recomecei com muita força, fé e esperança.

Marcos Mihok - Surf

O surf voltou a fluir, a relação com a família ficou maravilhosa, voltei a estudar, fui aceito por uma excelente universidade, novos negócios começaram a surgir, fiquei feliz.


Se você gostou do projeto, compartilhe essa ideia!

 

XI – O PODER DA GRATIDÃO


No dia primeiro de janeiro de 2015, após ter sentido o extraordinário poder da gratidão, eu decidi iniciar o meu Projeto Gratidão 365, formal e publicamente, para compartilhar esta experiência com todas as pessoas que se identificarem e quiserem experimentar esta simples e poderosa prática em suas vidas.

 

XII – RECOMPENSAS EXTRAS


Estou aproveitando esta experiência, com o Projeto Gratidão 365, para praticar o meu inglês, me conectar com pessoas pelo mundo, experimentar ferramentas de internet marketing e criar conteúdos digitais.

 projeto gratidão 365

 

Os benefícios vão além do físico e espiritual.

Eu também acredito que este exemplo pode se tornar uma forma de inclusão digital, pela simplicidade e necessidade de poucos recursos.

 

XIII – COMO EU FAÇO O PROJETO GRATIDÃO 365

 projeto gratidão 365
Publico, diariamente,  no site gratidao365.com e nas redes sociais, imagens, vídeos, textos, ou áudios, para agradecer por alguma coisa do meu dia e por alguma coisa que já passou na minha vida.

Simples, sem medo de errar, vivendo um dia de cada vez. Já nas primeiras semanas depois que iniciei o meu Projeto Gratidão365, percebi muitas mudanças positivas na minha vida.

 

XIV – GRATO!

 projeto gratidão 365
Meu especial agradecimento a Hailey Bartholomew por ter me inspirado com o seu projeto original 365Grateful.

Agora, me encontro em paz, feliz e equilibrado, mais forte e com saúde, disposto a compartilhar conhecimentos e ajudar o maior número de pessoas que eu puder.

 

XV – EQUIPAMENTOS

Equipamentos projeto gratidão 365
Meus equipamentos básicos, para o Projeto Gratidão 365, são Notebook, iPhone, iPad, GoPro e Microfone, e, acima de tudo, muita boa vontade.

Você pode começar o seu próprio projeto agora, se desejar, é simples e “não custa nada”. Não precisa de todos os equipamentos que eu coloquei aqui, com um celular você já pode começar.

Ainda, IMPORTANTE, caso não tenha contato com as redes sociais ou computadores, você também pode fazer o seu Projeto Gratidão 365 utilizando um caderninho ou qualquer bloco de notas.  Simples assim, não precisa de fotos se não tiver, apenas escreva o seu agradecimento todo dia e sinta o poder da gratidão.
 

Se você gostou do Projeto Gratidão 365, compartilhe essa ideia!

Espero que através deste projeto eu possa inspirar você a descobrir mais sobre o fantástico poder da gratidão.

Marcos Mihok
a grateful & happy man 🙂